Teoria básica do design - A cor

A cor é capaz de alterar todo um contexto. Cada sensação tem uma paleta de cores, e cabe ao designer saber aplicar estas paletas, mas para isso existe uma longa teoria a ser aprendida e interpretada.

A percepção das cores muda conforme o material em que ela esta inserida, sua intensidade, a luz que a ilumina, as cores adjacentes, etc. Também é muito importante lembrar que a percepção de cada cor muda conforme a cultura. O vermelho, que para nós remete ao desejo, no Japão é usado pelas noivas. Da mesma forma, há cores que “estão na moda”, e embora um trabalho com este tipo de paleta não tenha longa durabilidade (por isso ele é descartável no projeto de uma identidade visual, por exemplo) pode ser uma boa escolha em um trabalho de curta durabilidade (como em um convite para um desfile de moda, que logo será descartado).

Definição da cor:

Matiz: é a cor pura, sem adição de branco ou preto.

Intensidade: quanto mais intensa uma cor, mais “viva” ela é. Podemos enfraquecer uma cor adicionando preto ou branco a ela, ou neutralizá-la adicionando cinza.

Valor: refere-se a luminosidade da cor, depende do escurecimento e do clareamento, mas não da saturação ou da matiz. Uma imagem colorida perde sua matiz ao ser convertida para preto e branco, mas não perde suas caracteristicas tonais.

Escurecimento: variação de matiz obtida através da adição de preto.

Clareamento: variação de matiz obtida através da adição de branco.

Saturação: também chamado de croma, refere-se a pureza da cor. Quanto mais cinza se adiciona a cor mais neutra ela se torna.

Fonte: http://design.blog.br/geral/teoria-basica-do-design-cor

#design #luz #percepção #comunicação #cor

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square

 48 99.800.5264 | francosandra@hotmail.com             |               Estúdio Franco. Todos direitos reservados. 2021